RSS

O que é?

O que é o alcoolismo?

O alcoolismo é geralmente definido como o consumo consistente e excessivo e/ou preocupação com bebidas alcoólicas ao ponto que este comportamento interfira com a vida pessoal, familiar, social ou profissional da pessoa. O alcoolismo pode potencialmente resultar em condições (doenças) psicológicas e fisiológicas, assim como, por fim, na morte. Normalmente os alcoólicos têm dificuldades em cumprir os seus deveres profissionais. O álcool provoca a diminuição do campo de visão da pessoa logo é causa de muitos acidentes.

Apesar do abuso do álcool ser um pré-requisito para o que é definido como alcoolismo, o seu mecanismo biológico ainda é incerto. Para a maioria das pessoas, o consumo de álcool gera pouco ou nenhum risco de se tornar um vício. Outros factores geralmente contribuem para que o uso de álcool se transforme em alcoolismo. Esses factores podem incluir o ambiente social em que a pessoa vive, a saúde emocional e psíquica e a predisposição genética.
 
A dependência produz graves consequências. Podemos citar três tipos de indivíduo que mantém um relacionamento com variados graus de dependência com o álcool:
 
Em primeiro parâmetro correspondente á dependência do álcool estão as pessoas que bebem por convívio quando querem e quando lhes apetece, estas pessoas não são dependentes do álcool.
 
O álcool para estas pessoas e uma bebida ingerida com gosto, talvez ao almoço, na hora de jantar ou até com amigos mas não em excesso.
Estas pessoas não são dependentes do álcool pois quando sabem que “já chega” eles param, depois existem aqueles cujo padrão de ingestão já lhes traz algum tipo de dano ou de complicação, ou de prejuízo, ou de problema, tendo adequadamente investigadas as suas áreas de funcionamento físico, psíquico e de desempenho familiar ou social, sem evidenciarem o menor grau de dependência, estes são denominados bebedores problema.
 
Mas predominam aqueles cujo padrão se encontra evidentemente associado a complicações, danos, prejuízos ou problemas e que apresentam inequivocamente algum grau de dependência do álcool, e que por si só já seria um grave problema, estes são denominados alcoólatras propriamente ditos.

Vantagens e desvantagens do alcoolismo?

Consoante sejam consumidas com moderação ou em excesso, as bebidas alcoólicas podem ser benéficas ou prejudiciais ao nosso organismo e à nossa vida.
 
De acordo com a indicação da Organização Mundial de Saúde deve consumir-se, por dia, aproximadamente 20g de álcool mas fazendo, semanalmente, uma pausa de dois dias para que o fígado possa descansar da árdua tarefa de eliminar as toxinas presentes nas bebidas alcoólicas.
 
O consumo moderado destas mesmas bebidas traz, ao nosso organismo, algumas vantagens nomeadamente no caso do vinho tinto que, por ter flavonóides que o tornam antioxidante, previne sobretudo as doenças cardiovasculares.
Por outro lado, quando consumido em excesso, o álcool torna-se uma droga psico-activa com efeitos negativos não só físicos como psicológicos.
 
Além de favorecer o aparecimento de doenças do fígado e certos tipos de cancros leva ainda à ocorrência de um maior número de acidentes, episódios de violência e outros comportamentos delinquentes. Tudo isto vai afectar drasticamente a felicidade, a vida familiar, o rendimento escolar ou a situação no emprego levando mesmo, por vezes, ao suicídio.
 

Fases do alcoolismo:

Pré-alcoólica:

-Aliviar dor física ou emocional

Prodrómica:

-Efeitos físicos sem dependência

Crítica:

-Tolerância, por adaptação do metabolismo
-Perda do controle  –  síntomas de privação

Crónica:

-Incapacidade de parar de beber

 

INTOXICAÇÃO:

Desinibição:

– 80 mg % -> 2 doses

Alterações psicomotoras:

– 120 mg % -> 4 doses

Alteração da coordenação:

– 150 mg % -> 5 doses

Intoxicação alcoólica aguda:

– 350 a 700 mg % -> Letal

 

MOTIVAÇÕES DE CONSUMO:

Factor psicofisiológico:

– Hereditariedade
– Transtorno mental
– Doença física
– Tendência hedonista (É uma vida dedicada só aos prazeres.)

Facto social:

– Exemplo familiar
– Estímulo grupal
– Profissão
– Vivência de solidão

Factor cultural:

– Tolerancia da sociedade
– Publicidade
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: