RSS

Como ajudar um alcoólico?

Como ajudar um alcoólico?

Um alcoólico não pode ser forçado a receber ajuda, excepto em circunstâncias muito específicas, tais como uma grande emergência médica.

Isto não significa que um tratamento ao alcoolismo não seja possível a não ser que o alcoólico o procure, ou que tenha necessariamente de esperar por um momento perigoso ou dramático para fazer o tratamento.
 
Se quer ajudar uma pessoa a aceitar tratamento para o seu problema de alcoolismo, os especialistas recomendam alguns passos que o podem auxiliar a ajudar um alcoólico a procurar uma reabilitação do alcoolismo:
 
Converse com a pessoa, mencionando que está preocupado com o problema dela, e que a ajudará a conseguir ajuda.
Mencione as situações e os problemas que a bebida tem causado até à data, tal como o último problema que aconteceu.
Antes de ter “a grande conversa interventiva” com a pessoa acerca dela fazer um tratamento ao alcoolismo, recolha todo o tipo de informação acerca de clínicas, tratamentos e opções que a possam ajudar a recuperar do problema com o álcool.
 
Se a pessoa estiver disposta a procurar ajuda, marque de imediato uma consulta num centro de tratamento de alcoolismo ou com um médico especialista em comportamentos aditivos ou até uma consulta nos Alcoólicos Anónimos. Ofereça-se para acompanhar a pessoa na primeira consulta e a visitar o local de tratamento.

O tipo e a duração do tratamento variam em função do grau de dependência e do estado de saúde geral do doente.
 
Requer-se o uso de medicação, sobretudo na fase em que o alcoólico está em abstinência, e apoio para manutenção dessa abstinência, com vigilância médica, podendo incluir medicamentos que reduzem a vontade de beber, e também psicoterapias estruturadas individuais ou em grupo, movimentos de auto-ajuda e de antigos bebedores que desempenham um papel fundamental no tratamento e na recuperação dos pacientes com sintomas de dependência do álcool.

Há medicamentos para tratar o alcoolismo que são normalmente usados durante os primeiros dias da desintoxicação e que se destinam a ajudar o doente a passar a fase aguda da abstinência (fase mais crítica) do álcool e outros que se destinam a ajudar o doente a manter-se sóbrio e a evitar recaídas.A participação em programas de recuperação e em grupos de auto-ajuda também constitui um apoio muito importante para a recuperação e para o bem-estar do alcoólico.
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: